Você deseja tirar um período sabático?


08/01/2018
Por Grupo Cia de Talentos

Quem nunca desejou fazer uma parada prolongada nos dias de trabalho para se reconectar consigo mesmo? Não, eu não estou falando das férias. Estou falando daquele tempo em que sua produtividade estará voltada integralmente para você, seja para se autoconhecer, se reencontrar na carreira ou desenvolver alguma nova habilidade adquirindo novos conhecimentos. Afinal, é para isso que realmente serve o sabático.

Para que seja realmente produtivo, esse afastamento voluntário do trabalho ou da rotina diária precisa ter, no mínimo, duração de 6 meses. Esse tempo estratégico é fundamental para proporcionar uma reflexão profunda sobre a vida pessoal e profissional.

Assim como toda escolha, o sabático também precisa ser muito bem pensado. Por isso, antes de tomar a sua decisão é valioso que você entenda o que está te motivando a buscar por um sabático. Pergunte a si mesmo: qual é meu objetivo com essa parada? O que eu quero que aconteça? Quais são minhas expectativas de mudança? Será a partir destas respostas que você terá certeza se o sabático dará conta de gerar as transformações que deseja.

Decidido/a pelo sabático? Então, é hora de se organizar para isso. Primeira dica que dou é: faça um planejamento financeiro, afinal, você não vai poder contar com seu salário no fim do mês. Além disso, converse na organização em que você trabalha atualmente como eles encaram a sua parada estratégica. Isso é muito importante para que você saiba se, ao retornar, o seu cargo estará à sua espera.

As possibilidades para o sabático são inúmeras e vão depender dos seus objetivos. Há quem aproveite para conhecer uma nova cultura, viver novas experiências e aprender um idioma. No entanto, existem aqueles que buscam o afastamento total da rotina diária. A verdade é que não existe roteiro certo ou errado. A única regra universal é usar esse período para descansar ou refletir sobre o que deseja para os próximos anos de sua vida e o que vai precisar fazer para alcançar esses objetivos.

Antes de fazer as malas, tenha claro para você o que está buscando, porém, permita-se descobrir novos objetivos no meio do caminho. Esteja aberto para as surpresas que a experiência poderá trazer e esteja livre para encarar novas rotas. Boa viagem!

por Luciana Fuocco
Jornalista e assessora de imprensa do Grupo Cia de Talentos