Os alicerces da marca empregadora


16/09/2019
Por Cia de Talentos

Já falamos sobre como fazer uma gestão eficiente da marca empregadora. Porém, uma questão anterior e importante é o que sustenta o Employer Branding de uma organização, quais os alicerces fundamentais para isso. Para que uma empresa trabalhe sua marca empregadora de maneira sustentável é preciso ter clareza sobre a cultura organizacional e a proposta de valor aos colaboradores (EVP: employee value proposition).
 
Compõem a cultura organizacional:

ATRIBUTOS VISÍVEIS: tudo o que podemos ver nesta organização, por exemplo, como as pessoas se vestem, interagem, como é seu ambiente e clima, etc. Em uma start-up, você não vai encontrar pessoas em salas isoladas, sem trocar informação com ninguém ou vestindo aquele terno italiano (pelo menos, não no dia a dia);

CRENÇAS E VALORES: quais são os hábitos daquela organização, no que ela acredita e quais os valores que definem sua forma de pensar e de agir. Aqui, na Cia de Talentos, um de nossos valores é a paixão, ou seja, não fica aqui quem não for maluco por talentos e suas histórias.

PRESSUPOSTOS BÁSICOS: aquilo que é porque é, ou seja, o que acontece comumente sem explicação, simplesmente porque é assim. Existem empresas que cuidam muito de sua gente, tem preocupação sincera e acompanham, por exemplo, sua saúde, o crescimento dos filhos, etc. Não é uma regra, simplesmente é seu jeito de ser.

Faz parte da proposta de valor aos colaboradores:

POLÍTICAS, PROCESSOS E PRÁTICAS: todos os atributos que podem determinar motivos para que a organização seja desejada pelos profissionais, razões pelas quais seus colaboradores estão ali e pretendem ficar, porque recomendariam a empresa para um amigo. Isso tudo vai desde remuneração, benefícios até o programa de desenvolvimento ou plano de sucessão, por exemplo.

FAÇA O QUE EU DIGO E FAÇO: a organização deve viver seu jeito de ser em todas as suas interações, para gerar confiança e credibilidade entre seus colaboradores. Não adianta ter uma política incrível de gestão de pessoas se ela não for válida para todos, não é mesmo?

LIDERANÇA COMO EXEMPLO: líderes engajados em garantir que essas práticas sejam realidade dão o senso de pertencimento aos colaboradores que serão os melhores “embaixadores” de sua organização.

Resumindo: EVP é tudo que compõe a experiência de um colaborador com uma organização.
 
Fazendo o cruzamento destes dois pilares, temos todos os insumos que vão viabilizar e sustentar o Employer Branding, já que ele é, em essência, a reputação de uma organização como empregadora e influencia esta percepção em potenciais talentos.

Com este grande mapeamento, é possível desenhar a estratégia de Employer Branding, entendendo “o que” comunicar aos futuros talentos interessados na organização, garantindo que haja coerência e, portanto, sustentabilidade ao longo do tempo.

A Cia de Talentos tem uma consultoria especializada em Employer Branding e podemos te ajudar com a melhor estratégia para a sua empresa. Entre em contato com a gente! Telefone: + 11 99293-0093  E-mail: negocios@grupociadetalentos.com.br
 
Ligia Oliveira é Gerente de Projetos na Cia de Talentos e especialista em marca empregadora.