Estas 10 perguntas revelam se você tem as habilidades para o futuro


02/09/2019
Por Sofia Esteves

Saiba quais são as habilidades importantes para o futuro do trabalho



É inevitável, as automações já são uma realidade no mercado de trabalho e estão só começando a chegar. A cada minuto, novas soluções são criadas para agilizar processos manuais visando o aumento da produtividade em diversos setores.

Porém, ao contrário do que muitos imaginam, elas não vão roubar o seu emprego, mas você vai precisar se reinventar – e é bom que você comece logo.

De acordo com estudos da McKinsey & Company, apresentados no Encontro Nacional Líderes do Amanhã 2019, apenas 10% dos empregos existentes hoje poderão ser 100% automatizados e, consequentemente, deixarão de existir no futuro.

A maioria das profissões serão mantidas, mas vão mudar completamente a forma como são realizadas e isso pode afetar a sua carreira, caso você não acompanhe as novas demandas do mercado.

O estudo revelou que as habilidades necessárias para o mercado de trabalho apresentaram grandes mudança nos últimos 50 anos.

Se antes as habilidades físicas e manuais eram essenciais, hoje as competências mais importantes são as habilidades cognitivas básicas – e serão cada vez mais!

Com a diminuição das funções manuais, o mercado irá realocar os profissionais para aprimorarem as áreas gerenciais, fortalecendo esse setor dentro das empresas.

O futuro da sua carreira está ligado a como você responde essas perguntas:

– Como é a sua linha de raciocínio para a resolução de problemas complexos?

– Você possui uma linha de pensamento crítico?

– Consegue analisar situações e traçar estratégias pensando nas pessoas envolvidas e não só em resultados numéricos?

– Você acredita se relacionar de forma criativa e inspirar outras pessoas ao seu redor?

– Como está o seu poder de gerenciamento de pessoas? Seus colegas de trabalho o escutam e apoiam suas decisões?

– Você sabe lidar com mudanças ou incertezas? E com opiniões diferentes das suas?

– Suas decisões são pautadas em bom senso ou você tende a agir por impulso?

– Como estão as suas habilidades em ensinar? Você tem paciência e gosta de compartilhar seus conhecimentos?

– Você é flexível ou intolerante? Você sabe ceder e ouvir outros pontos de vista no seu trabalho?

– Você acredita que a forma como você pensa é boa o bastante, a ponto de não se abrir para aprender a fazer do zero algo que acredita saber fazer? Como está a sua flexibilidade para pensar fora da caixa?

Saiba que, de acordo com a pesquisa, essas serão as habilidades mais procuradas pelas empresas em um futuro – nem um pouco distante – e cabe a você se reinventar e buscar aprender a reaprender, construindo o sucesso da sua carreira.

Boa jornada!